quarta-feira, 16 de novembro de 2011

GRATO!

Grato!


Por ser quem sou,
Mesmo enredado de medos,
Sobressai minha fé como um respiro.

Por crer em mim,
Muito mais que eu creio em Ti,
Quando acho que tardas a me atender.

Por florir meu dia,
Mesmo que eu só veja depois,
Quando me tomas pela mão e me acalma.

Por ser Deus em mim,
Habitando minha morada pobre,
Enchendo-me de graças todos os dias.

Por manter minha esperança,
Como vela que se acende na noite escura,
Para dar claro ás sombras descrentes!


Santaroza

3 comentários:

  1. Eu sim sou grata!! por ter vc como amigo...
    Belíssimo blog...

    ResponderExcluir
  2. Amo de paixão tudo que você escreve..

    ResponderExcluir